Focos

Tem uma coisa que nunca consegui ter de verdade: Foco. Sabe quando você quer muito uma coisa? ou várias coisas? Então, aí você tem que lutar, batalhar pra fazer acontecer. Pra isso é preciso ter foco. Uma coisa que poucos de fato, possuem. É por isso que sempre vemos pessoas que conseguem coisas que queremos, que nós não conseguimos. Elas tem foco. Elas tem em mente o que querem, se mantém no caminho e não desviam o olhar daquilo, não deixam que nada as atrapalhe. Mas na teoria é tudo muito lindo. Nada disso é tão fácil quanto parece.

Pense em algo que você quer muito, mais do que tudo. Agora, pense nas coisas que tem que fazer para conseguir isso. Então, pense em tudo o que pode dar errado no caminho. E se alguma dessas coisas que podem dar errado, realmente der, o que você vai fazer para solucionar o problema. E é assim mesmo, para conseguir algo, realmente tem todo esse processo. Mas, complicado mesmo, fica quando essas coisas que podem dar errado, envolvem sentimentos. Sentimentos que você não imaginou sentir, sentimentos por alguém, que até ontem, você nem tinha reparado que existia. Ou sentimento de rejeição. Ou de culpa. Ou pior, frustração por não ter conseguido realizar alguma meta que você havia estipulado.

Não pense que estou ecrevendo esse post para lhe dar a fórmula mágica de como resolver tudo isso. Porque isso eu também não sei. Minha intenção é, deveras, apenas para compartilhar esses pensamentos que me atormentam, que eu sei que você que está lendo, também possui.

A culpa é o maior inimigo pra alguém que possui um objetivo difícil de ser alcançado. Por exemplo, você quer passar no vestibular de medicina. Pra isso, todo mundo sabe que tem que estudar muito. Todo dia, o dia inteiro. Aí, chega um dia que você está cansado e não estuda, passa o dia assistindo tv e aproveitando sua vida. Quando vai dormir, começa a pensar que não deveria ter feito aquilo, que devia ter sido mais responsável, porque enquanto via televisão, algum concorrente seu estava estudando. Primeiro, você pensa que pode recuperar o tempo perdido no dia seguinte, mas depois percebe que isso não vai mais ser possível, que esse tempo foi perdido, e você não pode recuperá-lo. E começa a pensar em desistir, parece que a culpa vai te matar. Porque com certeza, o que você pensa é que isso vai te tirar a chance de fazer medicina. Talvez tire mesmo, e você pode ficar se culpando pra sempre, ou pode começar a pensar em uma nova estratégia para voltar ao páreo e sair na frente dos concorrentes.

O fato é que, se manter focado o tempo todo é muito difícil. Muito mais do que parece. Ao mesmo tempo que você quer viver pra realizar seu objetivo, seu sonho, você simplesmente, quer viver, aproveitar a vida enquanto pode. Não se culpe se um dia você perder o foco. Não pense em desistir ou que isso nunca dará certo. Ao invés de ficar pensando que você sempre faz tudo errado (porque é isso que a gente sempre pensa), pense em uma nova estratégia para voltar ao caminho. Garanto que se você se mantiver sempre à disposição para mostrar uma carta que estava escondida, você sempre vai conseguir voltar ao páreo, e sinceramente, será nesse momento, tendo esta atitude, que você vai eliminar concorrentes. Eu acho né.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: